Rio Grande do Sul pode ter 99 mil novos beneficiários do Bolsa Família

by

Em visita a Porto Alegre e Canoas, ministra Márcia Lopes pediu esforço dos governos municipais e estadual para incluir pessoas pobres no Cadastro Único. Atualização cadastral dos beneficiários do Bolsa Família vai até 31 de outubro.

Porto Alegre, 6 – O Estado do Rio Grande do Sul pode ter 99 mil novos beneficiários do Bolsa Família, anunciou nesta sexta-feira (06/08) a ministra do Desenvolvimento Social e Combate à Fome, Márcia Lopes. Em viagem a Porto Alegre, a ministra fez um apelo para que as prefeituras incluam as famílias pobres no Cadastro Único, para que elas tenham direito ao benefício. O Estado tem atualmente 452.519 beneficiários no Bolsa Família mas a ministra estima que este número pode chegar a 542 mil se houver uma ação conjunta dos governos municipais e estadual para localizar as famílias.
“Aqui no Rio Grande do Sul são 63 mil famílias que precisam atualizar o cadastro e apenas 13 mil e 300 fizeram isto”, informou a ministra em entrevista à imprensa local. Ela também destacou a importância do trabalho: “Com a atualização nós sabemos se as famílias estão trabalhando, se têm documento, se as crianças estão na escola, se as famílias estão sendo atendidas pelo programa”. A atualização cadastral deve ser feita até 31 de outubro.
À tarde, a ministra inaugura uma unidade móvel do Centro de Referência de Assistência Social (CRAS) no quilombo Chácara das Rosas, em Canoas (RS). Atualmente, as seis unidades que funcionam no município prestam atendimento a 26 mil famílias. Na área quilombola, 24 famílias remanescentes recebem o Bolsa família, mantêm as crianças na escola e desenvolvem atividades culturais, como capoeira e escola de samba.
MDS em números – Desde o início do ano, o Estado do Rio Grande do Sul recebeu do MDS R$ 276,7 milhões por meio do Bolsa Família e R$ 484,1 milhões para as ações de assistência social. São 452.519 famílias no programa de transferência renda condicionada, 66.191 idosos e 86.118 pessoas com deficiência recebendo o Benefício de Prestação Continuada (BPC), 348 Centros de Referência de Assistência Social (Cras) e 60 Centros de Referência Especializados de Assistência Social (Creas) cofinanciados pelo MDS, além de cinco Bancos de Alimentos, 27 Cozinhas Comunitárias e seis Restaurantes Populares em funcionamento.
Clique e ouça o boletim: Rio Grande do Sul pode ter 99 mil novos beneficiários do Bolsa Família.

Fonte: Portal do MDS

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: